É dos que pede Adoçante para substituir o açúcar no café?

Conheça os riscos que corre, opte por uma alimentação saudável!

Um estudo realizado nos Estados Unidos, indica que 43% das pessoas que bebem pelo menos 1 bebida diet por dia, têm uma maior hipótese de ter um evento vascular ou sofrer um acidente vascular cerebral ou cardíaco do que aqueles que bebem refrigerantes normais ou optam por outro tipo de refrigerante.

Uma pessoa que beba apenas 1 refrigerante diet por dia durante 9 anos tem 61% mais de probabilidades de desenvolver diabetes tipo 2 e complicações associadas à síndrome metabólica.

No entanto sabe o que causa esta diferença? O aspartame, vulgarmente conhecido como adoçante. Muitas pessoas na luta pela perda de peso substituem o açúcar pelo adoçante, concluindo que este hábito irá contribuir para o emagrecimento (já que estão a cortar no tradicional açúcar). O que muitos não sabem são os efeitos maléficos do uso de adoçantes em nosso organismo (que incluem em muitos casos aumento de peso em vez de perda).

O aumento do peso deve-se ao fato do adoçante atuar no sistema nervoso, causando a sensação de não saciedade no organismo e ativando o sensor da fome. Desta maneira, enganam-se aqueles que presumem estar contribuindo para a perda de peso ao consumir adoçante em vez de açúcar.

Uma vez que as substâncias presentes no adoçante causam a uma sensação de não saciedade no organismo, a pessoa acaba por ter mais fome, acabando por ingerir mais alimentos do que é realmente necessário. O consumo do açúcar de maneira moderada possui o efeito contrário, transmitindo ao organismo a informação de saciedade e diminuindo a vontade de comer.

Pode reconhecer o adoçante nos rótulos das embalagens como: acesulfame, neotame, sacarina e sucralose.

Benefícios de ter uma alimentação saudável

Existem alimentos que deve consumir se está a dieta pois estes são ricos em macro e micronutrientes que são essenciais para a sua saúde, e que não possuem aditivos nem conservantes. Vamos dar-lhe alguns exemplos.

1 – Verduras

Plantas, hortaliças e vegetais de folha verde, como os espinafres, as nabiças, as couves, as couves-de-bruxelas e os brócolos, são ricas em fitoquímicos e outros compostos altamente benéficos para a nossa saúde. Use e abuse deste tipo de alimentos em todas as suas refeições principais.

2 – Grãos

As leguminosas, sobretudo o feijão, o grão e as lentilhas, ajudam a regular os níveis de glucose no sangue e estão associadas a maior longevidade e saciedade. Deve também incorporar estes alimentos na sua dieta, mas em proporções mais reduzidas.

3 – Cebolas

As cebolas também figuram nesta lista. Trata-se de um alimento anticancerígeno por excelência, que ainda dificulta a absorção de gordura.

4 – Fungos

Os cogumelos são um superalimento. Pelo menos, é assim que estes deliciosos fungos são caracterizados. Além de prevenirem o cancro da mama, impedem que o corpo armazene gordura.

5 – Frutos vermelhos

Frutos do bosque e frutos vermelhos, como os morangos, os mirtilos, as framboesas e as amoras, também são verdadeiras bombas de saúde. O seu poder surpreende até os investigadores em nutrição, uma vez que ajudam a reverter as células cancerígenas à normalidade. Coma as quantidades que quiser e use-os em sobremesas, sumos e batidos

6 – Sementes

As sementes, sobretudo as de linhaça, chia e de sésamo, são ricas em proteína e ácidos gordos ómega-3. Protegem contra o cancro da mama e têm um efeito diurético.

É importante salientar que muitas vezes optar por um estilo devida saudável não é fácil, havendo muitas barreiras e desistências pelo caminho. A Medicina tradicional chinesa pode ser um pilar de ajuda essencial para o ajudar nesta jornada.

Contacte-nos e poderemos ajudar.