Ombro Congelado e a Medicina Tradicional Chinesa

Sabia que o nome técnico para o ombro congelado é capsulite adesiva?

A capsulite adesiva, conhecida popularmente como ombro congelado, é uma doença que causa uma inflamação na cápsula articular do ombro e cria dor seguida e limitação dos movimentos do ombro.

O ombro congelado inicia-se com uma inflamação, mas contrariamente das bursites e tendinites, ocorre na cápsula articular (tecido que reveste toda a articulação). Pode existir algum “gatilho” para o desenvolvimento da mesma, como um pequeno trauma ou um esforço repetitivo, no entanto, esta pode ocorrer sem nenhuma causa aparente.

Esta patologia desenvolve-se em 3 fases diferentes:

  • Fase inflamatória

No início as dores são leves, mas em poucos dias ou semanas progridem para uma dor muito forte e extremamente limitativa. Diferentemente das tendinites, bursites e da síndrome do impacto, qualquer movimento pode causar dor e não apenas os movimentos com os braços para cima. Nessa fase o movimento do ombro, apesar de doloroso, pode ainda estar normal. Essa fase dolorosa pode durar até 9 meses.

  • Fase da rigidez ou congelamento

Nesta fase há uma perda progressiva dos movimentos do ombro, podendo haver ao mesmo tempo dor, mas com uma menor intensidade. Nesta altura o doente sente o ombro mais curto, não chega a locais altos e existe perca dos movimentos de rotação (ou seja, deixa de conseguir pôr a mão atrás das costas, colocar o sinto de segurança ou prender o sutiã. Essa fase de rigidez pode durar até 18 meses

  • Fase do descongelamento

Esta é a fase com a duração mais variável, pois cada caso é um caso, no entanto na maioria dos casos, os movimentos do ombro melhoram progressivamente com a resolução da doença. É possível que ocorra uma perda de movimentos entre 15% a 20%.

Os principais sintomas do ombro congelado, são de acordo com o que vimos anteriormente os seguintes:

  • Dor;
  • Rigidez matinal;
  • Perda progressiva de movimento no ombro;

Entre as opções de tratamento para a fase dolorosa, estão os anti-inflamatórios não hormonais, corticoides (via oral ou injetável), infiltrações intra-articulares com corticoide ou os bloqueios do nervo-supraescapular.

Ombro congelado e a Medicina Tradicional Chinesa

Para a Medicina Tradicional Chinesa o ombro congelado é caracterizado como Síndrome Bi, ou seja síndrome de obstrução, uma falha energética no sistema defensivo, ou seja na visão desta o excesso de uso de um membro pode provocar a estagnação de energia no local, evoluindo para uma estagnação de sangue o que também seria a causa de dor no ombro.

Muitas vezes a melhora da mobilidade e o alívio da dor são imediatos.

Uma vez que cada caso é um caso, cada paciente é viste e diagnosticado com os melhores tratamentos para si, e que podem incluir melhoras em menos de 1 mês (dependendo da gravidade da situação, da resposta de cada paciente e da frequência dos tratamentos).

O ombro congelado não é um problema fácil de tratar, mas na Medicina Tradicional Chinesa conseguimos controlar a dor e permitir que os pacientes conseguiam movimentar o ombro utilizando as terapêuticas de acupunctura, Moxabustão, massagens tui na e fitoterapia.

Se sofre de ombro congelado ou qualquer patologia associada à dor no ombro, ou se conhece alguém que sofre da mesma, não espere mais. A Medicina Chinesa poderá ajudar no seu tratamento. Solicite-nos um contacto para o nº 243997479 ou por email: geral@tiandiren.pt