A dor e a Medicina Tradicional Chinesa

Já alguma vez sentiu alguma dor que o impossibilitou de fazer algo?

Mais cedo ou mais tarde a maioria das pessoas sofre diversos tipos de dor, seja devido ao excesso de peso, realização de um esforço maior, ou até mesmo do frio. É provável que já tenha sentido uma dor em alguma parte do seu corpo, e por esse motivo é importante explicar-lhe um pouco melhor o que é a dor e os diferentes tipos existentes.

O que é a dor?

A dor é mais do que uma resposta resultante da integração central de impulsos dos nervos periféricos e que são ativados por estímulos locais. Pode-se dizer que a dor é uma experiência sensorial e emocional bastante desagradável e que por norma se encontra associada a uma lesão real ou potencial. O tipo de dor pode ser distinguido em 2 categorias diferentes:

  • Dor nociceptiva – É provocada por uma lesão ou dano tecidual, e os nociceptores são ativados no processo, transmitindo estímulos ao sistema nervoso central.
  • Dor neuropática – Este tipo de dor não é provocada por nenhum dano tecidual, mas sim por uma lesão no próprio nervo. Este tipo de dor é descrito como uma queimadura, cortante ou parecida com um choque elétrico, e por norma estão associadas a perturbações metabólicas (como diabetes) ou doenças infeciosas (como a zona).

Embora estes sejam os dois tipos de dor, a mesma pode ser também considera pela sua duração como:

  • Aguda – Aparece de forma repentina como resposta a uma lesão, e por norma diminui em minutos ou horas;
  • Crónica – Está associada a doenças crónicas (como osteoartrite, hérnias, fibromialgia…), e pode durar dias, meses ou anos, sendo resistente ao tratamento. Pode em muitos casos ser ocasionada por uma lesão do sistema nervoso;
  • Irruptiva – É um tipo de dor que nunca para. Muitas vezes durante o tratamento de uma dor crónica (70% das vezes), este tipo de dor pode aparecer. é bastante resistente a tratamentos e os analgésicos habituais pouco ou nada podem fazer para a diminuir. Está frequentemente associada aos tratamentos do cancro.

Como é que a medicina chinesa pode ajudar?

Existem diversas técnicas de medicina tradicional chinesa que podem ser aplicadas no tratamento da dor crónica ou aguda, obtendo uma alta percentagem de melhoria do estilo de vida dos pacientes. Dos diversos tipos existentes salientamos as seguintes:

  • Acupuntura;
  • Moxabustão
  • Fitoterapia;
  • Tui-Na

Sabia que a Tian Di Ren é uma das clinicas mais capacitadas para aplicar cada um destes tratamentos? Temos vários anos de prática comprovada na realização de diversos tratamentos contra a dor, aplicando a medicina tradicional chinesa.

Deixamos-lhe um testemunho real de um dos nossos pacientes que comprova o que descrevemos.

“Sou uma pessoa bastante saudável, quase nunca estou doente, mas lesionei-me num ombro ao executar um exercício de musculação.

Recorri de imediato ao Dr. António Moreira, na Tian Di Ren, e com apenas três sessões foi possível voltar a efetuar a minha atividade profissional normalmente e sem qualquer tipo de restrições.

As sessões foram de acupunctura e moxabustão, tendo sido também foi usada a massagem Tui Na. As sessões foram dia sim, dia não, com uma duração entre 20 minutos e meia hora. Não tive dores durante os tratamentos e o tempo de recuperação foi de facto muito importante, pois na minha profissão estar lesionado, deixa-me sempre limitado e muito ansioso”.

M.S. 30 anos Masc – Personal Trainer – Ombro Lesionado

Tal como o M.S. muitas são as pessoas que recorrem à medicina chinesa e à Tian Di Ren para ajudar na recuperação.

Se atualmente sente algum tipo de dor e já não sabe como lidar com ela, contacte-nos que com certeza poderemos ajuda-lo a melhorar. Telefone 243997479