Conjuntivite e a Medicina Chinesa

Sofre de conjuntivite? A Medicina Tradicional Chinesa pode ajudar!!

A conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da conjuntiva (é uma membrana mucosa presente nos olhos que reveste a parte interna da pálpebra e a superfície exposta da córnea ) e é causada por agentes tóxicos, alergias, bactérias ou vírus. A conjuntivite é altamente contagiosa, no entanto apesar de não ser grave, provoca muitos incómodos (e é necessário que tenha alguns cuidados para que não a transmita a outras pessoas).

Os principais sintomas da conjuntivite são:

  • Olho vermelho e lacrimejante;
  • Inchaço nas pálpebras;
  • Intolerância à luz;
  • Visão embaçada;
  • Visão borrada.
  • Comichão;
  • Dificuldade em abrir os olhos de manhã.

A conjuntivite é bastante difícil de ser prevenida, no entanto, existem alguns cuidados que pode ter no seu dia-a-dia:

  • Não use maquilhagem de outras pessoas;
  • Não utilize toalha de rosto de outras pessoas;
  • Não toque nos olhos com as mãos sujas;
  • Use óculos de mergulho;
  • Não use pomadas sem prescrição médica;
  • Evite nadar em lagos ou em piscinas sem cloro.

Embora não haja um tratamento específico para a conjuntivite, existem sempre medidas preventivas que pode ser tomadas para evitar a propagação da mesma:

  • Lavar as mãos com frequência;
  • Não tocar nos olhos para evitar a recontaminação;
  • Evite coçar os olhos;
  • Lava bem as mãos depois de usar pomadas;
  • Evite a exposição ao fumo ou ao pólen;
  • Não partilhar objetos de rosto pessoais;
  • Não utilize lentes de contacto;

Conjuntivite e a Medicina Tradicional Chinesa

Sabia que todos os canais ou meridianos da Medicina Chinesa passam pela região dos olhos?

Para e Medicina Chinesa o olho e toda a região envolvente, é tida com um micro-sistema, em que as diferentes partes informam sobre determinada região corporal ou sobre o estado fisiológico de alguns sistemas, e pode ser muito importante na ajuda e confirmação do diagnóstico de diferentes patologias.

Desta forma a diferenciação de tratamento para o que em medicina ocidental se designa de inflamação da conjuntiva depende apenas se a sua causa tem origem num vírus, numa bactéria ou num agente alergénico. De acordo com a sua causa, serão realizados abordagens diferentes na Medicina Chinesa, que são feitas em função da sua origem, diagnosticada entre muitos factores pela zona do olho mais afectada e onde se iniciou a inflamação.

Desta forma, este conjunto de sintomas e queixas não deve ser negligenciado, mas antes encarado de forma rápida e eficaz, evitando desta forma muitas complicações que se lhe seguiriam. Uma rápida atuação permite também corrigir eventuais situações que estão na sua origem e que a medicina ocidental praticamente não valoriza.

Além disso o alívio agudo dos sintomas é muito eficaz com a acupunctura.

Outra situação em que a Medicina Chinesa é muito eficaz é no tratamento da conjuntivite crónica e/ou recorrente.

O caso das afeções oculares, mesmo as degenerativas (por exemplo a degeneração da mácula), são um excelente exemplo de como no ocidente ainda existe muito pouco conhecimento sobre o arsenal terapêutico que a medicina chinesa tem.

Só após a realização do diagnóstico é que qualquer tratamento começa a ser realizado, e os mesmos podem ser: acupunctura, e/ou fitoterapia, as mesmas podem ser aplicadas de forma individual ou em conjunto, sendo que o mesmo será decidido pelo Especialista em Medicina Chinesa.

Caso sofra de conjuntivite ou conheça quem sofre desta doença, solicite-nos um contacto para que possamos ajudar a melhorar as suas crises e determinar qual o foco da mesma para podermos proceder a um tratamento adequado.

Qualquer questão pode ligar para o número 243997479 ou por email: geral@tiandiren.pt conjuntivite