Disfunção temporo-mandibular e a medicina tradicional chinesa

A Disfunção temporo-mandibular é um resultado de problemas no maxilar, articulações maxilares e músculos faciais que controlam movimentos faciais. Outro nome comum para esse problema são disfunções da ATM.

A articulação temporo-mandibular é aquela que liga o maxilar inferior (mandíbula) ao osso temporal do crânio, localizado em frente às orelhas em cada lado da cabeça. Essa articulação é flexível, permitindo que uma pessoa mastigue, fale e morda alimentos. Os músculos dessa articulação e aqueles em torno dela são responsáveis por controlar a posição e movimentos do maxilar. Alguém que sofra desta disfunção vai ter bastantes dores e problemas nos movimentos faciais.

A causa destes distúrbios é desconhecida na maioria dos casos. Um trauma na mandíbula pode desempenhar um papel no desenvolvimento de distúrbios da ATM. Além disso, existem outras condições de saúde que podem contribuir para o desenvolvimento destas patologias, sendo os seguintes os mais comuns:

  • Artrite na articulação temporomandibular
  • Danos na articulação causados por impacto ou idade
  • Ranger dos dentes
  • Problemas estruturais presentes desde o nascimento

A Disfunção temporo-mandibular ocorre mais comumente em mulheres entre 20 e 40 anos, mas pode ocorrer com qualquer pessoa.

Outros fatores estão associados com o desenvolvimento de distúrbios, no entanto, não há provas de que esses fatores causem efetivamente os transtornos. Eles incluem:

  • Uso prolongado de aparelhos ortodônticos
  • Má postura, que afeta os músculos do pescoço e rosto
  • Stresse
  • Má alimentação
  • Falta de sono

Pessoas com disfunções temporo-mandibulares podem sentir uma forte dor e desconforto, que pode ser temporária ou durar muitos anos. A dor e sensibilidade ocorrem mais principalmente nestes lugares:

  • Rosto
  • Área correspondente à articulação temporo-mandibular
  • Pescoço
  • Ombros
  • Perto da orelha durante a mastigação, ao falar ou abrir a boca.

Os sintomas mais comuns de disfunções temporo-mandibulares são:

  • Capacidade limitada para abrir a boca
  • Maxilar “preso” na posição de boca fechada ou aberta
  • Sons saindo da articulação ao abrir ou fechar a boca ou mastigar.
  • Sensação de cansaço no rosto
  • Dificuldade para mastigar – como se os dentes superiores e inferiores não estivessem a encaixar corretamente

Esses sintomas podem ocorrer em um ou ambos os lados da face.

Disfunção temporo-mandibular e a medicina tradicional chinesa

A Medicina Chinesa te um papel muito importante no tratamento da disfunção Temporo Mandibular, tal como noutras patologias em que as causas são pouco conhecidas para a Medicina Ocidental, a Medicina Chinesa tem uma palavra a dizer, nomeadamente equilibrando as emoções que muitas vezes estão de forma bem camuflada na origem destes problemas, actuando também na melhoria da qualidade do sono. A matriz teórica sobre a qual actua a Medicina Chinesa permite uma abordagem muita eficaz para este problema, seja ele resultado de disfunções músculo-esqueléticas ou de origem traumática ou pós-cirúrgica.

Uma vez que cada caso de Disfunção temporo-mandibular é único, é de uma importância extrema a realização de um diagnóstico correto por parte de um especialista, de forma a poder ser realizado um tratamento adequado. O mesmo pode ser realizado através de acupuntura (está provado que a mesma é muito útil no tratamento desta patologia, uma vez que permite a redução de produtos farmacológicos, e um menor tempo de tratamento), fitoterapia, moxabustão, alteração de hábitos alimentares e mudança de rotina.

É importante recorrer a estas técnicas antes de tomar medicamentos que possam ter uma duração de toma bastante elevada (uma vez que a medicina tradicional chinesa é realizada tendo por base apenas produtos e técnicas naturais).

Se sofre de disfunção temporo-mandibular ou qualquer patologia associada, e se conhece alguém que sofre da mesma, não espere mais. A Medicina Chinesa poderá ajudar no seu tratamento. Solicite-nos um contacto para o nº 243997479 ou por email: geral@tiandiren.pt.