Epistaxis e a Medicina Tradicional Chinesa

Sabia que Epistaxis é o nome técnico para a hemorragia nasal?

A hemorragia nasal envolve um sangramento do interior do nariz. Também chamadas de epistaxe, as hemorragias nasais podem ser assustadoras, mas raramente indicam um problema grave.

As hemorragias nasais frequentes são aquelas que ocorrem mais de uma vez por semana, e são consideradas graves se tiverem uma duração igual ou superior a 30 minutos, interferirem com a respiração ou são seguidas de uma lesão.

Existem dois tipos de hemorragias nasais:

  • Sangramentos no nariz anteriores

Estas representam a maioria das hemorragias nasais. O sangramento vem geralmente de um vaso sanguíneo na parte dianteira do nariz (pedaço mais maleável do mesmo). Este tipo de hemorragias nasais são geralmente bastante fáceis de controlar.

  • Sangramentos no nariz posteriores

Estes são menos comuns do que as hemorragias nasais anteriores e tendem a ocorrer mais frequentemente em pessoas idosas. O sangramento vem geralmente de uma artéria na parte de trás do nariz – mais fixa e dura. Estas são mais complicadas e, geralmente, necessitam de internamento  para o hospital e seguimento por um otorrinolaringologista.

Não existe apenas uma causa para que alguém tenha uma hemorragia nasal. Por norma estas são associadas a diversos fatores, dos quais salientamos:

  • Ar seco, que seca as membranas nasais e as deixam mais suscetíveis a infeções e hemorragias
  • Mexer no nariz com os dedos
  • Sinusite aguda ou crónica
  • Alergias
  • Uso de anticoagulantes
  • Exposição a irritantes químicos
  • Uso de cocaína
  • Constipações
  • Desvio de septo
  • Corpo estranho no nariz
  • Sprays nasais, tais como os usados no tratamento de alergias, se utilizados frequentemente
  • Rinite não alérgica
  • Traumas no nariz

Para a medicina ocidental uma hemorragia nasal que tenha parado não envolve qualquer tipo de tratamento (uma vez que o próprio organismo forma um coágulo que irá estancar a mesma).

Se a causa da mesma for um vaso sanguíneo que pode ser facilmente visto, o médico pode cauterizá-lo (selar o vaso sanguíneo) com uma substância química (sendo que a cauterização é mais eficaz quando o sangramento é proveniente de uma parte mais exposta do nariz). Em casos mais complicados, pode ser colocado um tampão nasal.

No caso da hemorragia nasal posterior que não para de sangrar por conta própria é necessário internamento hospital para colocar um tampão específico que fica colocado entre 48h e 72h. Caso a hemorragia não seja estancada, poderá ser necessário tratamento cirúrgico ou radiológico.

Epistaxis e a Medicina Tradicional Chinesa

Para a medicina tradicional Chinesa a hemorragia nasal corresponde a um sintoma relacionado com uma disfunção e é tratado de duas formas:

Uma primeira para suster a hemorragia, que normalmente esta fase não e tratada em Portugal pela Medicina Chinesa, por que sendo um socorro essencial os pacientes procuram os serviços de emergência em primeiro lugar.

E uma segunda em que tratamos a origem da hemorragia nasal frequente.

Embora o sintoma em si não seja grave, é imperioso para o paradigma da medicina chinesa que se actua nas origens para evitar a progressão da doença. Por isso mesmo que as suas epistaxis sejam mais frequentes numa determinada época do ano ou já não sejam frequentes isso não deve ser descurado.

Uma vez que cada paciente é um ser único e que um sintoma pode ter diferentes origens, os procedimentos não são sempre os mesmos.

O tratamento proposto deverá ter por base a prescrição de fitoterapia e a realização de tratamentos de acupuntura (está provado que a mesma é muito útil no tratamento desta patologia), moxabustão e massagens tui na.

É importante recorrer a estas técnicas antes de se submeter a uma cirurgia ao nariz que pode vir a ter no futuro algum tipo de complicações na sua rotina.

Se sofre de sangramentos no nariz anteriores ou posteriores ou se conhece alguém que sofre da mesma, saiba que isso a luz da medicina chinesa é o reflexo de alguma coisa que não está bem com a sua saúde. Não espere mais. A Medicina Chinesa poderá ajudar no seu tratamento. Solicite-nos um contacto para o nº 243997479 ou por email: geral@tiandiren.pt.