Parkinson e a Medicina Tradicional Chinesa

Tem algum familiar ou amigo que sofre de Parkinson?

O Parkinson é uma doença crónica que afeta o sistema motor, ou seja, que afeta os movimentos corporais, levando a tremores, rigidez, movimentos mais lentos, alteração dos movimentos e instabilidade de postura.

O que é o Parkinson e quais os sintomas?

A doença surge quando os neurónios de uma determinada região cerebral morrem, e quando os primeiros sintomas surgem, quer dizer que pelo menos 70% dessas células já estão mortas. Normalmente, essas células produzem um neurotransmissor (dopamina) que ajudam a transmitir mensagens entre as diversas áreas cerebrais que controlam o movimento do corpo.

O que acontece é que quando estas células começam a morrer, os níveis de dopamina ficam muito baixos, o que leva a dificuldades musculares (ou seja, começam a surgir os primeiros tremores involuntários do corpo).

Ainda não existe qualquer tipo de explicação do motivo pelo qual a doença aparece, nem se existe algum tipo de causa específica.

No estado inicial a doença começa apenas por apresentar um ligeiro tremor numa mão, braço ou perna, e normalmente melhora quando o doente mexe voluntariamente a extremidade afeta. É medida que a doença progride, os tremores tornam-se mais frequentes e começam a ser tidos em ambas as partes do corpo.

Os problemas com o equilíbrio e a instabilidade postural podem tornar muito difíceis atos tão simples como sentar-se ou levantar-se de uma cadeira. Andar pode implicar pequenos passos, arrastados, geralmente, sem o normal movimento pendular dos braços. Em alguns pacientes surgem, ainda, alterações da escrita, sendo que a letra se torna pequena, tremida e, muitas vezes, ilegível.

Estão ainda associados à Doença de Parkinson outros sintomas, embora não tão regulares, os seguintes:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Alterações do sono;
  • Perda de memória;
  • Discurso indistinto;
  • Dificuldades a comer;
  • Obstipação;
  • Perda do controlo vesical;
  • Regulação anormal da temperatura corporal;
  • Aumento do suor;
  • Disfunção sexual;
  • Cãibras e dores nos músculos

O Parkinson e a Medicina Tradicional chinesa

Tal como já dissemos anteriormente, o Parkinson não tem cura, logo a medicina tradicional chinesa não pode prometer um cura para esta doença, no entanto os tratamentos de acupuntura, massagens tui na e fitoterapia podem ajudar os doentes a terem uma qualidade vida muito superior, sem sofrerem de tantos tremores ou sintomas secundários, e tal como em muitas doenças degenerativas, ajudar a atrasar o desenvolvimento da doença.

Se conhece alguém que tenha esta doença (independentemente do estado avançado ou inicial da doença) contacte-nos que poderemos ajudar a recuperação da sua mobilidade, pois temos uma equipa altamente qualificada.

Telefone: 243 997 479 ou mail: geral@tiandiren.pt