Medicina Tradicional Chinesa e a Quimioterapia

Conhece pessoas que estejam a fazer quimioterapia? A medicina Tradicional Chinesa pode ajudar a combater os efeitos secundários.

Em pleno século XXI são cada vez mais frequentes os casos de cancro (independentemente da sua tipologia), e por conseguinte cada vez mais pessoas são obrigadas a fazer quimioterapia para poder erradicar esta doença oncológica que mata milhares de pessoas por ano em todo o mundo.

No que consiste a quimioterapia?

A quimioterapia é um tipo de tratamento médico que introduz na circulação sanguínea compostos químicos, chamados quimioterápicos, que têm como principal finalidade o combate ao cancro. A medicação pode ser introduzida no sangue das seguintes formas:

  • Via oral – Em forma de comprimidos, cápsulas e líquidos;
  • Intravenosa (pela veia e é o mais utilizado) – A medicação é aplicada na veia por meio de um cateter (um tubo fino colocado na veia), na forma de injeções ou diluído no soro;
  • Intramuscular (pelo músculo) – A medicação é aplicada através de injeções no músculo;
  • Subcutânea (debaixo da pele) – A medicação é aplicada através de injeção no tecido gorduroso acima do músculo;

Os quimioterápicos interferem na capacidade de multiplicação das células cancerosas e podem ter quatro finalidades:

  • Curativa – destruição total do tumor;
  • Preventiva – prevenção de metástases e recaída do tumor;
  • Prévia ou neoadjuvante – redução do tumor para posterior cirurgia ou radioterapia;
  • Paliativa – melhoria na qualidade de vida e aumento do tempo de vida do paciente.

Muitas pessoas após a realização de uma sessão de quimioterapia, sentem-se mal e com sensações constantes de enjoo, mau estar e sem vontade de fazer nada devido à sensação de cansaço constante.

Medicina Tradicional Chinesa e a Quimioterapia

Embora a Medicina Tradicional Chinesa não possa tratar o cancro, pode com toda a certeza ajudar a atenuar a sensação de mau estar e as náuseas que são causadas no seguimento dos tratamentos aplicados na quimioterapia.

Contrariamente ao que muitas pessoas ainda pensam, a realização de acupuntura, massagens tui na, sessões de fitoterapia, não afetam os efeitos dos fármacos que são aplicados aquando da realização das sessões de quimioterapia ou radioterapia.

Além de poderem melhorar (e muito) as sensações de enjoo, mal-estar, náuseas e cansaço, podem também ajudar no reforço do sistema imunitário, e aumentar a concentração de hemoglobina presente no sangue.

A Medicina chinesa, pode também ajudar a encontrar uma dieta saudável, e que aliada a todos os tratamentos o ajuda a sentir-se melhor.

Se conhece alguém que neste momento está a passar por sessões de quimioterapia (seja um familiar ou amigo, e independentemente da idade), venha com ele á nossa clinica e tentaremos melhorar o bem-estar dessa pessoa. O mais importante é não se deixar ir abaixo, pois hoje em dia, a taxa de sucesso na luta contra esta doença está cada vez mais a aumentar.

Se quiser algum esclarecimento, pode contactar-nos para o número 243997479 ou por email: geral@tiandiren.pt.