Tiroide e a Medicina Tradicional Chinesa

Sabia que os problemas de tiroide afetam cerca de 10% dos portugueses e, a nível mundial, 300 milhões de pessoas?

Apesar das doenças da tiroide serem muito frequentes, são pouco conhecidas e valorizadas por parte da população em geral.

A tiroide é uma pequena glândula endócrina com cerca de 5 cm de diâmetro, localizada na face anterior do pescoço, por baixo da maçã- de-adão. A sua função é produzir hormonas tiroideas, que controlam a velocidade das funções químicas do corpo (velocidade metabólica) e que contribuem igualmente para a regulação do mecanismo do cálcio, da temperatura corporal, frequência cardíaca, pressão arterial, funcionamento intestinal, controlo de peso e de estados de humor.

Associados aos problemas de tiroide, existem três patologias diferentes que podem existir:

  • Nódulos (saliência indolor do pescoço);
  • Hipotiroidismo (produção insuficiente de hormonas);
  • Hipertiroidismo (produção excessiva de hormonas);

Embora ainda não seja muito conhecidas as causas exatas dos problemas de tiroide, pensam-se que as mais comuns são:

  • Fatores genético
  • Fatores geográficos
  • Consumo excessivo de sal

Os sintomas variam de acordo com a patologia apresentada, sendo que para o hipertiroidismo os mais comuns são:

  • Perda de peso
  • Aumento do apetite
  • Aumento da frequência cardíaca, palpitações, aumento da pressão arterial, nervosismo e transpiração excessiva
  • Evacuações mais frequentes, às vezes com diarreia
  • Fraqueza muscular
  • Desenvolvimento de bócio (aumento do volume do pescoço – “papo”)
  • Alteração dos ciclos menstruais e fertilidade

Para o hipotiroidismo os sintomas mais comuns são:

  • Letargia, processos mentais mais lentos ou depressão
  • Frequência cardíaca reduzida
  • Aumento da sensibilidade ao frio
  • Dormência nas mãos
  • Desenvolvimento de bócio
  • Prisão de ventre
  • Alteração dos ciclos menstruais e fertilidade
  • Pele e cabelo secos
  • Unhas quebradiças

Para a medicina ocidental o tratamento da doença da tiroide depende do tipo de disfunção. Pode incluir apenas acompanhamento clínico, bem como o uso de medicamentos de forma contínua, iodoterapia ou cirurgia.

Tiroide e a Medicina Tradicional Chinesa

Para a medicina chinesa os problemas de tiroide são causados por desequilíbrios yin/yang principalmente associados às funções desempenhadas pelo fígado, coração e rim.

Esta desarmonia, leva a que a todo o metabolismo fique desregulado, e por isso apareçam os sinais associados, nomeadamente a arritmia (palpitações), o excesso de actividade com insónias frequentes, principalmente caracterizadas pela dificuldade em adormecer, ou o seu contrário uma fadiga excessiva e falta de vontade para fazer qualquer coisa, com muita dificuldade em iniciar qualquer tarefa.

Uma vez que cada caso é um caso, é importante que seja realizado um diagnóstico de medicina chinesa, por parte de um especialista, que lhe vai permitir desvendar as causas do seu problema (seja nódulos, hipertiroidismo ou hipotiroidismo).

Podem ser aplicados diversos tipos de tratamentos para a tiroide, no entanto os mesmos vão depender da patologia verificada. Assim sendo, podem ser implementados de forma individual ou complementar tratamentos de acupuntura (atua no reequilíbrio energético do organismo fazendo com que volte às condições normais), fitoterapia, massagens tui na, moxabustão e reeducação alimentar.

Todas as pessoas que sofrem de problemas de tiroide podem ter uma vida absolutamente normal. Por isso, se esta patologia faz parte da sua vida, contacte-nos! Nós conseguimos ajudar.